Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Querem falar comigo? Têm propostas decentes para me colocar?

Enviem-me um email:

1417305261_Streamline-58-128.png

 


Gracias 2018

por R., em 31.12.18

2018 foi o ano em que voltei a casa... para Lisboa!

DEF2D4E9-BF9E-4C21-A2B4-75406F45CC35.jpeg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:30

Vade retro Satanás

por R., em 27.12.18

desperation.jpg

Eu deixo muitas coisas por comprar. Entro nas lojas online, meto coisas no carrinho e depois fecho o site ou a aplicação e vou à minha vida. E há algumas dessas compras que acabam por não serem feitas porque estou no sofá e não me apetece sair de lá e ir buscar o meu cartão multibanco a outra divisão da casa.

Ontem estava no site da Mango e descobri que os sacanas já guardaram os meus dados do cartão multibanco. Já devem ter topado que o pessoal é assim... que se nos dão demasiado trabalho para efetuar o pagamento damos de frosques e guardam os dados para compras futuras. Tudo muito bonito na teoria mas um terror para quem, como eu, utiliza o método do "meto no carrinho e depois se me dão muito trabalho para pagar fecho o site e vou à minha vida!".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:31

Quando pensamos comprar uma casa romantizamos muito o processo... achamos que vamos encontrar a tal e que vai ser amor. Achamos que quando assinarmos os papéis vai haver uma música de fundo de vitória e que na saída da celebração da escritura vão voar confetis.

Não podia estar mais longe da realidade...

Comecemos pela parte do crédito habitação. No meu caso não foi difícil conseguir o crédito mas em termos burocráticos é só a maior chatice do MUNDO. São precisas resmas de papéis e várias assinaturas. Começamos por ler todos os papéis minuciosamente mas ao fim de duas ou três assinaturas já assinamos tudo de olhos fechados e esperamos que a entidade bancária não nos esteja a fazer assinar papéis que dizem que somos obrigados a dar os dois rins se nos atrasamos no pagamento de uma prestação.

Depois não nos podemos esquecer das Finanças... Há algo melhor do que pagar impostos? Se há eu desconheço. Foi toda uma emoção quando soube que tinha de pagar às finanças o Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) e o Imposto de Selo. E era um valor bastante “simpático”.

Passadas as burocracias iniciais lembramo-nos de que também existe o condomínio para pagar... E até nos dá uma coisinha má no coração. Porque é mais dinheiro a ir para o ralo. Mais um absurdo de dinheiro a saírmos do bolso e a voar para parte incerta.

Depois da escritura, pagamento dos impostos e consciencialização de que o condomínio também existe vem a parte gira... que é mobilar e decorar o imóvel. Devo confessar que conheço o site do IKEA de trás para a frente e de frente para trás. O pinterest também está cheio de fotos de inspiração... Mas 10 meses depois de ter comprado a minha casa ainda não tenho uma única divisão completa. Porque sou piquinhas, porque quero tudo à minha medida, porque não afinal não é tudo tão rápido e fácil como no Querido Mudei a Casa.

Posto isto a compra da minha casa foi o meu maior projeto em 2018 e continuará a ser em 2019, 2020,... e por aí adiante. Porque percebi ao longo deste ano que é um processo que demora a ficar concluído. Ao contrário do que imaginava não é ver procurar casa no imovirtual, ir ao banco pedir crédito, receber a chave e em 2/3 dias ter a casa mobilada e decorada.

Step by step.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:06

Queria... já não quero

por R., em 29.11.18

Estamos em 2018... quase em 2019... e ainda há quem faça a piadinha "queria? Já não quer?".

 

Entrei na Padaria Portuguesa e comecei o meu discurso com um "Boa tarde. Queria um croissant prokorn com queijo!". Diz a empregada "Queria? Então menina... já não quer?". Lá fiz um sorrisinho amarelo. Após o croissant estar preparado chegou a hora de pagar... e a hora de eu voltar a cometer o erro de dizer "Queria pedir-lhe para colocar o número de contribuinte!". A polícia dos tempos verbais não perdoou e voltou a repetir a piada "Então já não quer, não é?".

 

A questão é: QUEM É QUE AINDA FAZ ESTA PIADINHA? Não se aguenta!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:28

Custo por uso

por R., em 27.11.18

Eu uso SEMPRE a mesma mala. E quando digo sempre é SEMPRE! Posso mudar para uma mais pequena num dia em que só preciso levar o telemóvel e a carteira mas em 99% dos meus dias uso sempre a mesma mala. Tenho pavor a mudar de mala.

E enquanto as minhas amigas têm mil malas diferentes eu tenho pouquíssimas! Porque vou dando à minha irmã ou à minha mãe as que já não uso e quando compro uma nova não me importo que seja um pouco mais cara porque sei que me vai compensar no custo por uso.

A mala que uso atualmente custou cerca de 200€ em Abril de 2017. Desde aí que não uso outra (salvo raras excepções). Feitas as contas (adoro contas!!) o custo por uso fica aproximadamente 40 cêntimos.

Se formos ver que há malas que compramos por 30€ e que usamos um par de vezes facilmente concluímos que a mala nos ficou caríssima... muito mais cara que uma mala de 200€ ou 300€.

É isso para isso que a moda do consumo consciente (de que tanto se fala ultimamente) nos quer alertar. Há muitos itens que nós compramos a um preço simpático que nos saem muito mais caros que itens que compramos por um preço mais elevado mas que usamos muito mais.

Entretanto coloquei na wishlist esta mala da Ralph Lauren:

7920877_500_A.jpg

Tem um preço pouco simpático, à primeira vista, mas que sei que amortizarei com o tempo de uso.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:30

Que tal essa "black week"?

por R., em 22.11.18

Sabem aquela conversa do consumo consciente e bla bla bla? 5a feira, dia 22-11-2018. Desde 2a feira já fiz:

- Uma encomenda na H&M online;

- Duas encomendas na Mango Outlet;

- Uma encomenda na Asos;

- Uma encomenda na Worten.

 

Em minha defesa devo dizer que já despachei as prendas todas (ahhh espera... eu só compro uma prenda de Natal por ano... para o meu amigo secreto!), que uma das encomendas da Mango Outlet é para devolver (porque não dá para cancelar e foi feita em duplicado) e que todos os artigos comprados eram altamente necessários... JURO!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:03

Reunião de condomínio

por R., em 12.11.18

...uma experiência a não repetir.

Fui, hoje, à minha primeira reunião de condomínio. Achei que seria algo do qual me ia conseguir abstrair. Achei que as coisas me entrariam por um ouvido e saíam por outro. Mas não foi assim. Não foi. Foi horrível. Tive vontade de esganar o administrador por ser uma criatura presunçosa. 

 

Entendo, agora, a fraca adesão. Entendo, agora, porque é que estas reuniões são sempre pouco populares. E entendo, agora, que farei como a esmagadora maioria das pessoas e limitar-me a pagar e calar... 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:07

e apercebo-me da responsabilidade que me foi dada. 

C2325C03-C7D2-4550-A077-83171F99F3FD.jpeg

Sou daquelas pessoas que não fica de mau humor nos domingos à noite. Sou uma dessas (cada vez mais raras) pessoas porque gosto do que faço... e às vezes olho para trás, leio os posts sobre a minha época de desemprego e penso na sorte que tenho actualmente. 

Hoje estive o dia inteiro numa reunião. Das 9h00 às 16h00. Uma reunião com assuntos importantes para a empresa e com colegas que vieram de outro país para discutirem connosco  os planos para 2019. A meio da reunião olhei para aquele cenário e lembrei-me que há 10 anos atrás estava eu a lutar por boas notas para conseguir entrar no curso que eu queria. Há (quase) 4 anos andava à nora com o meu futuro profissional porque não me chamavam nem para um estágio (mal remunerado). E hoje... hoje estava numa sala a discutir as acções a implementar em 2019 para que dois dos produtos mais rentáveis do portefólio da empresa para a qual trabalho. 

Foi só mais um dia de trabalho... não foi (de todo) dos mais stressantes ou trabalhosos mas fez-me relembrar parte do caminho que percorri até chegar aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:49

383737.jpg

Que brincadeira é esta de começarem com as decorações de Natal em Novembro? Não querem começar ainda mais cedo? Em Setembro? É que não se aguenta... Mais uma semana ou duas e começa a dar, em todas as superfícies comerciais, Mariah Carey em modo repeat?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:30

Coisas de adultos que eu odeio

por R., em 01.11.18

Seguros de saúde.

 

Acabo de perceber que seguro de saúde e plano de saúde são coisas diferentes. Muito me contam...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Contrangedor

por R., em 30.10.18

Há algo mais constrangedor do que entrar no cubículo da casa de banho de onde uma colega acabou de sair? Ou o inverso (alguém entrar no cubículo de onde acabámos de sair)? Sinto sempre um certo constrangimento e não entendo como, por outro lado, os homens vão à casa de banho e estão ali a mictar lado a lado com colegas de trabalho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:27

O que era e no que me tornei

por R., em 29.10.18

Há alguns anos atrás eu odiava café. Não podia com o cheiro nem com o sabor. E vivia bem com isso. No entanto na faculdade comecei a ser introduzida ao vício. Dava jeito para me manter acordada nas longas noites de estudo mas nunca me apaixonei perdidamente por café. Até que aos poucos e poucos fui percebendo que estou completamente viciada.

1.png

São 11h30 e o balanço é de 2 cafés e 2 descafeinados. Bebo descafeinados porque gosto do sabor do café mas não posso beber mais do que 3 cafés ao dia. Abençoada seja a nespresso da empresa que me suprime o vicio de forma gratuita!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:32

E a sorte que nós temos?

por R., em 28.10.18

746ECBA9-FAF3-41BB-A90E-606E8BDA0176.jpeg

3B072C49-75EA-4369-98F9-497543AC0C2D.jpeg 

Por termos um Marcelo Rebelo de Sousa como Presidente da República? 

Nos últimos tempos tenho encontrado muitos motoristas brasileiros na uber/cabify/taxify. Nem sempre surge conversa mas quando surge dizem que são recém chegados a Lisboa. Dizem que vieram para a Europa à procura de uma vida melhor... e que o que os fez sair do Brasil foi, essencialmente, a falta de segurança. 

Não imagino o que será ir ao supermercado e presenciar um assalto à mão armada. Não imagino o que é ir na rua e ouvir tiros. Não imagino como será viver num país onde não se pode ir com o telemóvel na mão no meio da rua. 

Ao ver as fotografias de Jair Bolsonaro ao ir votar, escoltado por 5 carros, com um colete à prova de balas e mais uns tantos homens armados à volta dele lembrei-me (uma vez mais) da sorte que nós (portugueses) temos! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:12

Um ódio de estimação

por R., em 14.10.18

LENÇÓIS DE BAIXO AJUSTÁVEIS

 

Podem vir com mil e um motivos para os lençóis de baixo ajustáveis serem a melhor invenção de sempre (a seguir à roda)... mas nunca me vão convencer. Tenho TOC e não me consigo imaginar a abrir o armário dos lençóis e atoalhados e ver lá lençóis que não estão perfeitamente dobrados.

Aiiii mas olha só este vídeo do YouTube sobre dobrar lençóis ajustáveis. Meus amigos... ESQUEÇAM. Não é a mesma coisa!!! Não consigo. Faz-me comichão só de pensar...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:26

Estou viva

por R., em 07.10.18

De repente deixei de escrever aqui... sem razão aparente. Podia ser porque os blogs já não são a moda do momento? Podia. Mas o motivo é outro. Entre mudança de emprego, de país, de casa, compra de carro (e avaria do mesmo logo a seguir), computador KO, stress diário, fins de semana super preenchidos,... fiquei sem cabeça para escrever algo com pés e cabeça. 

 

Mas ainda estou viva. E não, não é minha ideia abandonar este pequeno blog. Ainda que ter um blog já não seja tão cool como em 2009! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:43

A preparação da marmita

por R., em 06.09.18

No futuro, quando for a entrevistas de emprego, e me questionarem sobre qual a coisa mais desafiadora que eu tenho no meu emprego actual eu vou responder que é SEM DÚVIDA NENHUMA ter de preparar a marmita para o dia seguinte.

 

Fui tão mal habituada no meu emprego anterior. É que tinhamos cantina e era só a melhor coisa do Mundo (imaginem um restaurante com comida ótima... for free!!!!).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:53

1. Encontrar uma agulha num palheiro.

2. Encontrar umas calças que não sejam super curtas.

 

A sério: o que é mais fácil? Já não posso com a moda das calças super hiper mega curtas... Que ficam acima do tornozelo. Não favorecem quase ninguém nem são as mais adequadas para usar no trabalho. Devolvam os centímetros roubados às calças sff. É que eu não aguento mais...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:55

Ultimamente parece que me aparecem contas do nada para pagar. Eu sei que advêm do facto de ter adquirido casa e carro mas era tudo mais fácil quando vivia numa casa alugada e andava só de transportes públicos.

A saber:

- Pagar ao banco a mensalidade da casa (ok. Aceito!);

- Seguro de vida associado à casa (já começo a revirar os olhos);

- Condomínio (nunca percebi muito bem para onde voa o dinheiro do condomínio);

- Seguro do carro (ok! Uma grande facada mas não vamos desesperar);

- Selo do carro (tretas que nem sei para que servem!);

- Inspeção anual do carro (mais uma forma de dizer adeus a dinheiro).

 

Gostava de ter 20 ou 30 rins para ir vendendo anualmente e pagar estas coisas sem dor na carteira mas já percebi que não dá... Que ser adulto tem destas coisas. Era tudo muito mais simples quando recebia mesada e não tinha estas preocupações.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:00

Às vezes os meus amigos dizem que parece que eu passo a minha vida toda de férias. Porquê? Culpa das redes sociais. 80% das minhas fotos no instagram são fotos tiradas em viagens. As restantes 20% são tiradas a aleatoriedades do dia-a-dia. Ou seja parece que 80% do meu tempo eu estou a passear. O que é mentira. Só não fotografo a minha vida nos outros 350 dias do ano (porque acho que o ecrã do meu computador é suficientemente fotogénico).

A juntar às fotos do instagram temos também as milhas acumuladas nos últimos anos em viagens entre Portugal e Espanha. Ora vir a Portugal para mim nunca foi grande sinónimo de férias. Muitas vezes o computador acompanha-me e o trabalho continua.

Isto tudo para dizer que no outro dia fiz as contas e nesta altura do campeonato já devia ter tido mais 12 dias úteis de férias do que aqueles que eu já tive. Mas... não posso. Não posso porque não tenho ninguém que me possa substituir no trabalho e porque não quero deixar um fardo pesado a alguém que não tem porque arcar com o meu trabalho. Por isso aproveitem as vossas férias de Verão ao máximo que daqui a uns tempos será a minha vez.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:16

IKEAização

por R., em 14.08.18

Quando comecei a ver de móveis para minha casa disse "não vou ter uma casa toda IKEA! Não não não! Vou comprando as coisas aos poucos mas com uma qualidade melhor!".

Eu neste momento "Credo! Tudo o que não é IKEA custa um rim? 12 semanas para enviarem? Deus me livre! Vou mas é comprar no IKEA que é barato e levo logo para casa!"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:40



Mais sobre mim

foto do autor





Sem Título.png