Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Querem falar comigo? Têm propostas decentes para me colocar?

Enviem-me um email:

1417305261_Streamline-58-128.png

 


A química da amizade

por R., em 22.01.18

As amizades são um pouco como as relações amorosas... Podemos tentar que a coisa resulte mas se não há química não vamos muito longe.

Tenho sentido isso ao longo do último ano. Tenho duas colegas mais ou menos da minha idade que me chamam para brunches, saídas, jantares, lanches,... Mas por mais que eu me esforce para não lhes dizer sempre que não e elas se esforcem para não me deixarem de convidar a nossa relação nunca evolui para uma amizade sincera e descomplicada. Nunca me sinto 100% à vontade.

Não sei se estou menos tolerante a fretes ou se como já tenho o meu grupo de amigos do coração acho que já não preciso de mais e fecho-me a novas amizades mas a verdade é que não sinto química... E acho que não há o que fazer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:19



2 comentários

Imagem de perfil

De R. a 23.01.2018 às 08:53

Olá A.

Não há problema nenhum que o comentário não tenha nada a ver com o post (em certa parte até tem).

Sendo muito sincera sinto-me adaptada mas não sou a maior fã de ser emigrante ou, pelo menos, de emigrar para tão perto de casa. Como moro longe mas perto (ou perto mas longe, depende da forma de ver as coisas) vou muitassss vezes a Portugal (1x/mês ou de mês e meio em mês e meio... no mínimo). Por isso quando estou em Madrid a minha rotina é muito casa-trabalho trabalho-casa. Durante a semana dedico-me a 110% ao meu trabalho e acabo por me deitar muito cedo. Não saio durante a semana. Às 23h00 já estou a dormir.
Depois no fim de semana aproveito para ir ao ginásio, passear (sozinha ou com alguns colegas de trabalho), tratar da casa (graças a Deus é mínima ahahah), dormir sestas (ahahah muito espanhol!)...

Posso dizer que não tenho amigos aqui (o que parece muito triste mas não é) mas tenho pessoas que ainda que sejam colegas ou conhecidos estão lá se preciso de alguma coisa. Como disse neste post por mais que seja convidada ou convide estes meus colegas para um café ou um brunch não sinto que sejamos amigos... Somos colegas de trabalho. Acredito que um dia que volte para Portugal vou perder o contacto com eles.

Mas não percas a esperança em fazer amizades... Eu sei que a minha postura não é a melhor para fazer amigos. Não me tenho esforçado minimamente para fazer amigos porque sinto que não preciso. Falo com os meus amigos que estão em Portugal todos os dias (com uns mais do que com outros, óbvio) e é com eles que desabafo sobre o que me vai na alma no momento. Mas se emigrares e te esforçares por fazer novas amizades tenho a certeza que vais conseguir. Precisas é de estar disposta a isso. :)

Beijinho <33

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor





Sem Título.png